Valter Hugo Mãe enaltece “Os Poetas”

Valter Hugo Mãe, vencedor do Prémio Literário José Saramago em 2007, escreveu no passado domingo na sua coluna semanal do jornal Público um texto de elogio à banda Os Poetas.

Volvidos dezasseis anos sobre a data da sua formação inicial, o projecto de Rodrigo Leão e Gabriel Gomes está de regresso, contando com as presenças de Miguel Borges, Sandra Martins e Viviena Tupikova e a reedição do único álbum da banda, Entre Nós e as Palavras (1997). A propósito desta reunião, o escritor destaca um dos concertos que irão ocorrer no próximo mês de Março, mais concretamente, o do Porto - a 3 de Março na Casa da Música - para o qual, nas suas palavras, já pousou o CD à frente da aparelhagem e preparou o coração. Os espectáculos seguirão o modelo de actuação ao vivo, já mostrado no Cinema São Jorge em 2012, onde foi bem notória a adesão e a proximidade calorosa do público num concerto que se adivinhará intenso e mágico – uma simbiose perfeita de paisagens poéticas feitas de palavras e musicais feitas de sons. Citando Valter Hugo Mãe não se esperam desilusões, mas ao invés, o recomeço de algo que não se fique por aqui. Precisamos de uma lei, apenas afectiva mas muito efectiva, que os obrigue a compor de novo, a gravar e a permitir que quem esfaima pelos sonhos se banqueteie, uma e outra vez, com o melhoríssimo que a cultura portuguesa soube fazer.

Leia o artigo na íntegra:

artigo valter hugo mae